Colégio Catarinense implanta projeto de Gestão da Qualidade

/, Educação, Jesuítas do Brasil, Manchetes Capa, Projetos, Unidade I, Unidade II/Colégio Catarinense implanta projeto de Gestão da Qualidade

Colégio Catarinense implanta projeto de Gestão da Qualidade

 

A Comunidade Educativa do Colégio Catarinense participou da apresentação do projeto da Federação Latino americana dos Colégios Jesuítas (FLACSI) de implantação do Sistema de Qualidade Escolar. A ferramenta a ser utilizada foi desenvolvida pelas universidades jesuítas Universidad Católica (Uruguay) e Universidad Alberto Hurtado (Chile).

Fruto de reflexões e debates das assembleias dos diretores-gerais de colégios da Companhia de Jesus, a proposta vem sendo desenvolvida desde 2008. O sistema foi testado em alguns colégios, e representantes das escolas foram capacitados para atuarem como facilitadores nas unidades. Neste ano, acontecerá o início do processo de autoavaliação nos colégios do Brasil, e o Colégio Catarinense é um deles, junto com o Colégio Diocesano/PI e o Colégio São Luís/SP.

O Colégio Catarinense tem, no Sistema de Qualidade Escolar, em decorrência do Planejamento Estratégico desenvolvido nos anos de 2012 e 2013, aprimora a avaliação das quatro dimensões propostas: Pedagógico-Curricular, Organização, Estrutura e Recursos, Clima Escolar, Família e a Comunidade Local. Nessa nova fase, a avaliação será feita com base nos registros dos tópicos avaliados, transcendendo a opinião e percepção dos membros da comunidade educativa.

A Assessora para Educação Básica da Província do Brasil, Sônia Magalhães, explicou o funcionamento e a importância do processo: “A escola tem que saber como está caminhando nessas quatro dimensões, tendo como base o registro das práticas e orientações do cotidiano escolar”.

Todos os colégios, incluindo os quinze que compõem a Rede Jesuíta de Educação no Brasil, irão avaliar os mesmos indicadores de qualidade, padronizando, assim, os conceitos. “Os jesuítas reconhecem o conceito de qualidade como um atributo organizacional que vai além do quantitativo, baseando-se em números e índices como os sistemas de avaliações externas, vestibulares, ENEM e outras provas. Com a avaliação pela ferramenta proposta, queremos aprimorar nossa prática educacional, que promove uma formação humana de excelência. Por isso, é importante vivermos esse momento de reflexão e diálogo sobre as práticas em curso no colégio”, complementou Sônia Magalhães.

Para o diretor-geral do Colégio Catarinense, professor Afonso Luiz Silva, o Sistema de Qualidade Escolar aprimora a prática da Pedagogia Inaciana e as características próprias da educação inaciana. “A inserção do Colégio Catarinense nessa proposta de Gestão de Qualidade da FLACSI proporcionará uma análise real dos nossos trâmites internos, tanto na área acadêmica e administrativa quanto na nossa relação com a comunidade. O processo não se trata simplesmente de uma avaliação institucional, mas de uma sistematização pontual e científica  dos nossos registros, para a qualificação da nossa proposta educativa e para o fortalecimento da nossa identidade como Colégio da Companhia de Jesus”, destacou.

Quatro equipes foram formadas para trabalharem nos âmbitos do Sistema de Qualidade Escolar no Colégio e terão, como facilitadores externos, Mariangela Riserio D’Almeida, diretora acadêmica do Colégio Antônio Vieira, de Salvador, e Juliano Tadeu dos Anjos Oliveira, diretor de formação cristã do Colégio Loyola, de Belo Horizonte.

2018-02-23T22:31:57+00:00