Colégio Catarinense presente na Semana Lixo Zero Brasil

No próximo sábado (19/10), a partir das 11h, acontece no Parque de Coqueiros, em Florianópolis, a abertura da Semana Lixo Zero, uma promoção do Instituto Lixo Zero Brasil, que ocorre em várias cidades do país. Neste ano, o Instituto convidou o Colégio Catarinense a participar do evento, que visa à reflexão acerca do consumo e da responsabilidade de todos pelos resíduos gerados.

O CC vai estar representado pela professora Karen Schmidt Espíndola, responsável pelo Projeto Lixo Zero do Colégio, e pela colaboradora Clarice Leane Melz, do Laboratório de Educação Ambiental. No local, a professora Karen vai ministrar as oficinas de microplástico e de gastronomia com Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC). Nessa última, serão apresentadas as vantagens de consumir as PANC, pouco conhecidas da população, mas que apresentam alto valor nutricional e muito sabor.

Plantas alimentícias são aquelas que possuem uma ou mais partes utilizadas na alimentação humana, como raízes, tubérculos, bulbos, rizomas, talos, folhas, brotos, flores, frutos, sementes e são utilizadas para a obtenção de óleos alimentícios. Elas podem brotar espontaneamente em locais como calçadas ou, até mesmo, entre plantas cultivadas na agricultura. Por isso, muitas vezes são confundidas com mato.

Para se ter uma ideia da importância do tema, quase 1/3 dos alimentos mundialmente produzidos para consumo humano são perdidos ou desperdiçados, segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO, 2014), representando cerca de 1,3 bilhão de toneladas por ano. No país, os números também assustam: cerca de 70 mil toneladas de alimentos vão parar no lixo, de modo que 64% do que é plantado aqui acaba por ser descartado.

As PANC são uma importante estratégia para ampliar a oferta de nutrientes e, assim, atender à crescente demanda por alimentos orgânicos e por novas fontes nutricionais para todos.

O Projeto Lixo Zero do Colégio Catarinense, implantado desde 2012, promove iniciativas que despertam atenção às preocupações relacionadas ao equilíbrio do planeta, estimula a comunidade educativa para mudanças de conceitos e incentiva a adoção de alternativas para a agricultura sustentável e o consumo consciente.

2019-10-22T21:45:42+00:00