Vestibular 2011: Péricles Prade terá encontro com alunos do Terceirão

/, Educação, Manchetes Capa/Vestibular 2011: Péricles Prade terá encontro com alunos do Terceirão

Vestibular 2011: Péricles Prade terá encontro com alunos do Terceirão

Na próxima quarta-feira (16), às 17 horas, os alunos do Terceirão do Colégio Catarinense tem encontro marcado com o escritor Péricles Prade, autor do livro “Ao som do realejo”. A obra faz parte da lista literária do vestibular UDESC. Após o bate papo no Auditório João Paulo II, será realizado sorteio de livros. O evento reforça o preparo dos alunos para o vestibular da universidade estadual.

Um pouco do autor

Péricles Prade nasceu em Rio dos Cedros (SC). É escritor (poeta, contista, historiador, crítico literário e de artes plásticas), advogado e professor universitário. Escreveu mais de sessenta obras nos campos da poesia, ficção, história, filosofia, literatura e artes plásticas. Pertence a inúmeras entidades culturais estrangeiras, nacionais e estaduais, destacando-se, entre outras, a Academia Brasileira de História, o Instituto Brasileiro de Filosofia, a Academia Catarinense de Letras, o Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina e as Associações Internacional e Brasileira de Artes Plásticas.

Obras publicadas

Publicou os seguintes livros de poesia: Este interior de serpentes alegres (1963), A lâmina (1963), Sereia e Castiçal (1964), Nos limites do foro (1976, 2ª ed.), Os faróis invisíveis (1980), Guardião dos 7 sons (1987), Jaula amorosa (1995), Pequeno tratado poético das asas (1999), Ciranda Andaluz (2003), Além dos Símbolos (2003), Em forma de Chama (2005), Pantera em Movimento (2006), Tríplice Viagem ao Interior da Bota (2007), Labirintos (2009), Os melhores poemas de Lindolf Bell (2009), Sob a Faca Giratória (2010). Quanto à ficção, publicou: Os milagres do Cão Jerônimo (1999, 5ª ed.), Alçapão para gigantes (1999, 2ª ed), Ao Som do Realejo (2008) e Relatos de um Corvo Sedutor (2008). No campo da história: O julgamento de Galileu Galilei (1992, 2ª ed.), Paracelso & Giordano Bruno (1994), Vesalius, Pare & Harvey (1994). Sua extensa fortuna crítica compreende, além de artigos, estudos e ensaios, livros a respeito de sua obra, de autoria dos melhores críticos do país e do exterior, além de dois na Itália (os de Franzina Ancona e Maria Del Giudice). Tem vários livros publicados no exterior (Italiano, Francês e Inglês). Como crítico literário publicou Múltipla paisagem (1973) e como crítico de artes plásticas os livros: História das Artes Plásticas em Santa Catarina (1973), Espreita no Olimpo (1973), Espaço, Natureza e Corpo na Arte da Renascença (1986), Corpo e Paisagem: introdução à obra fotográfica de Lair Bernardoni (1992), Do que se chama Cabeça ou Cabeças e outras incursões (2002), O Desenho de Valdir Rocha (2004), Bruxaria nos Desenhos de Franklin Cascaes (2009), A Pintura de Sílvio Pleticos (2009). Quanto aos ensaios, nesta área, publicou textos a respeito de Bosch, Michelangelo, Dali e Dürer. Dentre inúmeros apontamentos críticos para catálogos, escreveu sobre boa parte dos mais significativos artistas catarinenses.

 

2018-02-23T22:36:58+00:00